Sobre nós

 

Meu interesse pela Ford Motor Company vem desde a infância, quando, em 1965, aos quatro anos de idade, em São Luís do Maranhão (cidade em que nasci), meus pais me presentearam com uma camisa em que aparecia uma foto do Ford Modelo A 1930. Achei o carro muito bonito, imagem que guardei sempre na memória.

Mais de 40 anos depois, já morando em Belo Horizonte, a preferência pela empresa continuou, tendo adquirido, como primeiro carro, um Ford Ka 1998.

Em setembro de 2006, quando iniciei minha coleção, pude perceber o quão importante é a Ford na história da indústria automotiva mundial. Podemos dizer, seguramente, que a indústria do automóvel no mundo se divide em duas etapas: antes e depois da Ford.

Henry Ford, eleito em 1999 o empreendedor do Século XX por uma comissão de especialistas em automóveis, teve idéia visionárias, revolucionárias para sua época, ao tornar disponível o carro para a população em geral.

O objetivo principal desta página é divulgar, por meio de miniaturas, alguns dos principais veículos e fatos históricos da Ford em várias escalas, materiais e modelos. Costumo dizer que a história fordista passa pela minha coleção.

 

Eu e minha irmã Carmelita, em 1966 (no aniversário de quatro anos dela), em São Luís do Maranhão; no detalhe, a famosa camiseta com a foto de um Ford Modelo A 1930, que tanto me encantou

Fordista do futuro: meu filho Luís Guilherme (aqui com seis meses) segura uma mini (resina) do Ford Ka 2008 (batizado por mim de Edsel)

Poster do aniversário de um ano de meu filho Guiguito (ao lado dele, a personagem Lizzie, um Ford Modelo T 1923, do filme "Carros") 

 

"É nois na fita"

 

 

 

 História do projeto

Algumas coincidências sobre a Ford marcaram a minha vida. Aos 4 anos de idade, em São Luís do Maranhão, ganhei de meus pais uma camiseta com o desenho de um Ford Modelo A 1930; o somatório do número (168) da pequena casa em que vivi com meus pais em São Luís totaliza 15 (e 15 milhões foi o quantitativo de Modelos T feitos pela Ford em 19 anos de produção); o primeiro automóvel em que passeei, quando cheguei a Belo Horizonte, foi uma Ford Rural 1970; o número do local (1.708) em que comecei a trabalhar como funcionário público é o quantitativo de carros Ford Modelo A 1903 (primeiro automóvel da Companhia) produzidos; meu primeiro carro foi um Ford Ka 1998.

Após tantas coincidências como essas, decidi iniciar minha coleção de miniaturas fordistas, em 2006. A ideia inicial era só colecionar, mas, com o passar do tempo, ao ver meu acervo crescer, decidi compartilhar essa paixão com as pessoas na internet. 

Quem sabe um dia eu venha conhecer a sede mundial da Ford, em Dearborn, Michigan, e mostrar esse projeto pessoalmente. Nada é impossível, não é mesmo?

 

Elogio de pai e filho: Ford e o filho Edsel gostaram de minha iniciativa cibernética

A pequena casa em São Luís, onde morei com meus pais - aqui nasceu a admiração pela Ford; a soma do número 168 do imóvel totaliza 15 (uma lembrança aos 15 milhões de Modelos T produzidos pela Ford)